Outubro/2015

Duas boas notícias

Acabamos de receber a informação de que hoje (sexta-feira), dia 01 de Outubro às 4:30 da tarde horário, do Paquistão, o Pr Javed foi solto da prisão.

Conversamos com ele por telefone e estava ainda bastante abatido, mas disse estar muito feliz por rever sua família. O Pr Javed ficou quase um mês preso, por causa de sua fé.

Conseguimos liberdade condicionada, o que significa que ele ainda deverá comparecer em algumas audiências.

Um culto será realizado em sua comunidade as 19 horas em gratidão a Deus. Outra boa notícia é que nosso irmão Gilani que havia sido demitido de seu emprego por causa de sua fé, conseguiu um novo emprego e está muito feliz. O novo local de trabalho é mais próximo de sua casa e com um ambiente mais agradável.

Queremos agradecer muito pelas suas intercessões em favor desses nossos irmãos. 

Festa do sacrifício

No final do mês de Setembro os muçulm@nos comemoram a Festa do Sacrifício (Eid Al Adha). Todos os muçulm@nos matam um animal e dividem a carne com os pobres. É uma lembrança do sacrifício de Abraão, quando Deus pediu o seu próprio filho.

Uma família nos convidou para almoçarmos juntos nesse dia, comendo carne de camelo. Aceitamos o convite e aproveitamos a ocasião para apresentar a eles um video que conta sobre a vida de Abraão, o caminho para o sacrifício fazendo uma ligação com o sacrifício de Jes*us. A família gostou muito do video e nos fizeram várias perguntas. Ore por essa família.

Fotos do nosso almoço pode ser encontradas no nosso facebook.  

Jesus X maomé

Maomé disse “Allah odeia todos os que não aceitam o Isl@” (Alcorão – Sura Qurán 30:4, 3:32, 22:38); Jesus disse para amarmos uns aos outros (João 13:34).

Maomé disse “Eu comando a todos vocês para guerrearem contra todas as pessoas que não acreditam em Allah e em seu mensageiro Maomé” (Alcorão – Sura Muslim 1:33).  Jesus disse “Embainha a tua espada; pois todos os que lançam mão da espada à espada perecerão”(Mateus 26:52).

Maomé disse “apredegem a mulher adultera” (Sahih Muslim 4206). Jesus disse “aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra” (João 8:7).

Maomé disse “é permitido roubar dos infiéis” (Alcorão – Bukhan 44:668 e Ibn Ishaq 764). Jesus disse “não furtarás” (Mateus 19:18).

Maomé disse “é permitido mentir” (Sahih Muslim 6303, Bukhari 49:857). Jesus disse “não dirás falso testemunho” (Mateus 19:18).

Maomé disse “possuam escravos e comercializem eles” (Sahih Muslim 3901). Jesus afirmou “não possuam escravos, mas sim amigos” (João 15:15).

Maomé disse “matem a todos que os insultarem” (Bukhari 56:369, 4:241). Jesus sempre pregou o perdão, “orai pelos que vos perseguem” (Mateus 5:45).

Maomé disse “se alguém fizer uma transgressão contra você, faça uma mesma transgressão contra ele” (Qur’an 2:194). Jesus disse “qualquer que te ferir na face direita, volta-lhe também a outra” (Mateus 5:39).

Maomé disse “a guerra santa (Jihad) é o caminho para Allah elevar você ao Paraíso cem vezes mais” (Muslim 4645). Jesus disse “bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus” (Mateus 5:9).

Maomé casou-se com 13 esposas e tinha relações sexuais com suas escravas   (Bukhari 5:268, Qur’an 33:50). Jesus era celibatário.

Maomé fez sexo com uma menina de apenas 9 anos de idade. (Sahih Muslim 3309, Bukhari 58:236). Jesus nunca faria isso e se guardou dos prazeres do mundo.

Maomé odernou o assassino de mulheres (Ibn Ishaq 819, 995). Jesus nunca prejudicou nenhuma mulher.

Maomé disse “você que é muçulmano! Guerreiem contra os infiéis, aqueles que estão próximos de você e mostrem a eles a sua dureza” (Qur’an 3:110). Jesus disse “bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra”.

Maomé liderou 65 ações militares de surpresa em 10 anos (Ibn Ishaq). Jesus nunca liderou nenhuma ação militar e nem aprovou a guerra e a violência.

Maomé disse: "matem todos os prisioneiros que foram pegos nos ataques" (Ibn Ishaq 451). Jesus disse nunca faça prisioneiros e nem os matem.

Maomé encoraja os homens a abusarem das mulheres e escravizá-las (Abu Dawud 2150, Qur’an 4:24). Jesus pregava amor, unidade e o fim da escravidão.

Maomé nunca foi torturado, mas torturou a muitos (Muslim 4131, Ibn Ishaq 436, 595, 734, 764). Jesus  nunca torturou ninguém, mas sofreu torturas até a morte e morte de cruz (Filipenses 2:8).

Maomé disse “guerreiem até não haver mais nenhum para perseguir e nenhuma outra religião, exceto a religião de Allah” (Qur’an 8:39). Jesus disse “amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem” (Mateus 5:44).

Maomé ordenou os escravos a contruirem um púlpito para que ele pregasse o Isl@ (Bukhari 47:743). Jesus lavou os pés de seus discipulos (João 13:5).

Maomé sempre exigiu proteção de guarda-costas armados, até mesmo nas suas Mesquitas (Qur’an 4:102). Jesus repreendeu qualquer tentativa de defendê-lo pela força (João 18: 10-12).

Maomé ordenava a crucificação de outros (Qur’an 5:33, Muslim 16:4131). Jesus foi crucificado. De acordo com seus seguidores,

Maomé ordenava outros a darem suas vidas por ele (Sahih Muslim 4413). De acordo com seus discípulos, Jesus deu a Sua vida por outros (João 18 a partir do vers. 11).


CREIAM EM JESUS DE NAZARÉ, AQUELE QUE SE DEU POR NÓS NA CRUZ DO CALVÁRIO.

Vídeo Emocionante

Menina iraquiana refugiada de apenas 11 anos de idade afirma em entrevista que ora para que Deus perdoe os terroristas.

Vale a pena assistir a entrevista com Myriam, a pequena grande menina. 

Bíblia na mala

Um viajante cristão estava arrumando sua mala e percebeu que um amigo o observava.

"Já não há mais muito lugar em sua bagagem", disse o amigo. - "Bem", disse o viajante, eu ainda pretendo colocar aqui um guia de viagem, uma lâmpada, um espelho, um telescópio, um livro de poemas, várias biografias, um pacote de cartas, um livro de hinos, uma espada afiada, uma biblioteca pequena contendo sessenta e seis volumes..."

- "Mas", seu amigo o interrompeu, "você só tem um pequeno espaço de cerca de um palmo no canto da mala. Como vai colocar tudo isso aí?"

O cristão sorriu e seus olhos faiscaram. "Isso será muito fácil", disse ele. "Tudo que eu tenho de fazer é colocar minha Bíblia na mala. Ela tem tudo que eu falei."

Orando pelos povos não alcançados

POVO: Os Brahuis - Paquistão.

POPULAÇÃO: 1.210.000 pessoas.

MODO DE VIVER: Embora tenham tradição nômade, hoje vivem em aldeias assentadas. Uma missão está trabalhando entre o povo brahui, mas atualmente apenas alguns deles são cristãos. Os filmes de Jesus e os programas de rádio são transmitidos em urdu e pashto, mas não existe nada no idioma dos brahuis.

OREMOS: Pelo crescimento espiritual dos cristãos brahuis, por materiais evangélicos em seu idioma.